sábado, 23 de agosto de 2014

Vivendo um dia de cada vez

Bom dia amigas Tarlovianas,

Há tempos não escrevo neste blog, mas sinto que minhas palavras e experiência com esta doença tem ajudado algumas pessoas. Por isto jamais abandonarei aqueles que me enviam email sempre respondo com prazer e carinho.
Tenho passado dias difíceis estes tempos, as dores tem voltado com força total e mesmo assim não tomo remédios pois sei que aumentam a pressão arterial etc. Estou no momento um pouco pesada pela retensão de liquidos dos remédios que andei tomando e para piorar um pouco a situação estou na menopausa.
Então juntou menopausa, alergia, cisto de tarlov e uma lesão na coxa que me limita os treinos. Portanto, estou indo mais devagar e não posso fazer tudo oque queria. Sinto muito sono, cansaço, mal humor etc tento me manter motivada e sinceramente continuo afirmando que não sei o que seria de mim se não fosse os treinos que faço de corrida, mesmoc om dor eles me aliviam.
Sei que o estado emocional é fator importante, então controlo ao máximo e desvio a atenção quando as dores chegam.
Para mim, tem sido bem difícil conciliar treinos, casa e trabalho e agora vai ficar mais pesado ainda por conta do trabalho que irá aumentar. Mas, tenho fé que me adaptarei a todas estas mudanças pelas quais estou passando.
Digo a todas vocês o mesmo que venho dizendo mantenham-se positivas a todo e qualquer custo. E ocupem sua vida mesmo que seja por apenas meia hora fazendo um exercício físico. As vezes saio para treinar com dor, ou estou no meio do treino e de súbido vem aquela dor parecida com dor de parto, enorme e irradiada nas costas. Mas, não desistirei jamais pois meu remédio está nos exercícios e também no controle de minhas emoções.
Hoje não uso nenhum remédio para tirar a dor e nem usarei enquanto eu puder aguentar. Alongamento, fortalecimento, exercício físico e principalmente controle emocional.
Boa sorte a todos.. enorme abraço,

Myla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário ou dúvida a respeito do assunto. Conte como tem sido seu tratamento, remédios e médicos que tem frequentado. Ajude outras pessoas com dica e conte-ns como tem se sentido.